Storytelling Afetivo

Criar vínculos, laços de confiança, respeito e afeto entre os participantes, por meio da conexão de suas vivências pessoais.

Esta é a premissa da atividade pra meios corporativos e empresas desenvolvida pela atriz, dramaturga e jornalista Fafá Rennó.

Para saber mais, entre em contato.

Marcelo Salgado - Gerente de Digital e UX na Bradesco

"Fafá criou uma dinâmica de storytelling compartilhado realmente incrível. Era um desafio enorme fazer com que várias turmas grandes (o evento tinha 150 pessoas no total) se conectassem através de suas próprias histórias, não só pelo tamanho da turma, mas pelo difícil que é criar um clima de confiança e liberdade em que as pessoas pudessem se abrir. Mas tudo funcionou como mágica. No final, a história única nascida das histórias de todos produziu uma catarse. Foi divertido e emocionante. Soube coisas das vidas das pessoas e pude me conectar com elas como jamais aconteceria. Isso me dá, hoje, uma abertura e proximidade que permitem construir caminhos e projetos coletivos dentro da empresa com muito mais fluidez."

Nayara Ruiz - Gerente de Redes Sociais Bradesco

"Um desafio. Conectar e reconectar mais de 100 pessoas de áreas diferentes de um mesmo departamento. Uma tarefa nenhum pouco fácil. Até porque a conexão deveria ser profunda. Ao ponto de dores e perspectivas muito distintas serem colocadas e sentidas por todos. Algo que parece pequeno do lado de fora, passa a ser grandioso quando se está imerso. Nesse exercício conduzido por Fafá, trocamos uns com os outros pensamentos, vivências e perspectivas que no dia a dia corrido do trabalho não conseguimos. E, além de falar sobre nossos lugares, ouvimos o outro. Prestamos atenção. Levamos em consideração. E se o desafio parecia grande, passou a ficar enorme quanto entendemos que uma única história deveria ser contada respeitando os olhares de todos. Mas era uma percepção. Porque o desafio enorme de repente se transformou em algo divertido, fluído, líquido. Foi lindo. Foi mágico. Foi importante para a conexão que buscávamos e que encontramos nesse dia. Nessas horas."

“Sou a diretora de uma fábrica que passou por uma mudança significativa no time de alta e média gestão. E tive o prazer de participar da dinâmica de storytelling afetivo conduzida pela Fafá Rennó. O resultado foi sensacional. Em aproximadamente 2 horas conseguimos criar uma história que gerou um vínculo enorme entre todos. O clima na fábrica mudou completamente, todos estão muito mais colaborativos e eficientes. Recomendo esta atividade a toda e qualquer instituição que queira potencializar seu capital humano.”

© 2023 por Bruno Borges. Orgulhosamente criado por Wix.com

  • Twitter Classic
  • Facebook Classic